Plano de imunização estadual prevê pouco mais de mil doses de vacina para Bataguassu

0
217
Embarque do Secretário Estadual de Saúde para São Paulo - Foto: Edemir Rodrigues

Pelo plano de imunização, divulgado pelo Governo do Estado, na primeira etapa da vacinação contra a Covid-19, Bataguassu receberá 1.005 doses para atender idosos e trabalhadores da saúde. A partir da chegada do lote de vacinas em Campo Grande, uma viatura do Corpo de Bombeiros trará o imunizante num roteiro que inclui também Santa Rita do Pardo (392 doses); Anaurilândia (551) e Brasilândia (590 vacinas).

Esta estimativa foi calculada numa projeção que o Estado receberia 211.633 doses para cobrir a meta de vacinação deste público. A previsão é de que inicialmente o Estado receberá 45% deste total, o que poderá reduzir os lotes reservados aos municípios.

Nessa primeira etapa serão vacinados os idosos com mais de 60 anos que moram em instituições como casas de repouso, além de indígenas e trabalhadores da área da saúde que estão na linha de frente contra a pandemia de Covid-19

Seguindo determinação do governador Reinaldo Azambuja, o secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende viajou ontem (17) a Guarulhos (SP). Os imunizantes serão trazidos por uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB).

A autorização do uso emergencial das vacinas Coronavac e de Oxford foi comemorada pelo governador Reinaldo Azambuja. “A aprovação é uma importante conquista para a ciência e para o povo brasileiro. Entendo que não há nenhuma outra tarefa mais urgente do que esta: imunizar o mais rápido possível toda a população para a retomada da economia e, principalmente, para salvar vidas! Já temos a logística construída para que a vacinação em nosso estado se inicie imediatamente após o recebimento das doses da vacina e distribuição aos 79 municípios, pois temos pressa em parar de perder vidas, reduzir os riscos de comprometimento grave do sistema de saúde e recuperar os empregos”, disse o governador.

Geraldo Resende explicou que todos os municípios receberão em até 48 horas o imunizante. A distribuição dentro do estado será feita pelo Corpo de Bombeiros e pelas Polícias Civil e Militar. “Nosso plano é audacioso. Estamos muito alinhados para iniciar a vacina às 10h na quarta-feira conforme combinado com o Ministério da Saúde. Nós temos um plano de distribuição dessas vacinas em 24 horas ou, no máximo, em 48 horas. Certamente vai ser destinado a todos os municípios do Estado”, disse o secretário.

Em Mato Grosso do Sul, a chegada, sem horário definido, será no Aeroporto Internacional de Campo Grande. Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal farão a escolta do caminhão até o pátio da Coordenação Estadual de Vigilância Epidemiológica (Ceve). Depois, a distribuição será feita pelas forças estaduais

Plano de imunização estadual prevê pouco mais de mil doses de vacina para Bataguassu | Cenário MS (cenarioms.com.br)

Comentários