Prefeitura anuncia morte de paciente que estava internado com suspeita de coronavírus em Presidente Prudente

Segundo a Vigilância Epidemiológica Municipal, houve agravamento no quadro clínico do homem, de 57 anos, que seguia em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

0
867

A Prefeitura de Presidente Prudente (SP) anunciou na tarde desta sexta-feira (27) a morte de um paciente que estava internado com suspeita de coronavírus.

Segundo o Poder Executivo, a vítima é um homem, de 57 anos, que já era portador de doença crônica.

Ainda conforme a Prefeitura, o diagnóstico de coronavírus para o paciente não foi confirmado e o resultado do exame realizado pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo (SP), é aguardado.

Segundo a Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM), houve agravamento no quadro clínico do paciente, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Dessa forma, ele não suportou as complicações e morreu nesta sexta-feira (27). O órgão ressaltou que o caso é tratado como suspeito da Codiv-19, pois só será confirmado após laudos do Instituto Adolfo Lutz.

“Quero dizer para a família dessa pessoa que faleceu que nós estamos consternados com essa situação. Eu quero aqui transmitir os meus sentimentos a toda a família por essa perda por essa pessoa que eu não conheço e também não poderia aqui identificar. Mas ficam aqui os nossos sentimentos, de todos os profissionais da saúde que estão se empenhando no dia a dia para enfrentar essa grave crise de saúde [com] que nós estamos lidando hoje”, disse o prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB).

São duas mulheres, de 81 e 32 anos, e outros cinco pacientes do sexo masculino, de 68, 52, 42, 34 e 4 anos de idade, também conforme o Poder Executivo.

Balanço sobre o novo coronavírus em Presidente Prudente foi divulgado nesta sexta-feira (27) — Foto: Reprodução

O balanço oficial atualizado nesta sexta-feira (27) pela Prefeitura indica que 136 pacientes com suspeita de coronavírus na cidade ainda aguardam os resultados de exames realizados pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, para confirmar ou descartar o diagnóstico da doença.

Outros 17 casos que eram tratados como suspeitos já foram descartados. Desses resultados negativos para coronavírus, segundo a Vigilância Epidemiológica, três foram confirmados como Influenza A.

Com isso, já foram feitas 153 notificações de coronavírus na cidade, número que se refere à soma dos 136 suspeitos em aberto e dos 17 já descartados.

O balanço oficial aponta que não existe caso confirmado da doença em Presidente Prudente.

Comentários