Bataguassu vai receber R$ 4,1 milhões para obras de rede de esgoto

0
130
Foto Cedida / Sanesul

Projeto da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) prevê a construção de 16.8 km de nova rede coletora de esgoto e 1.498 ligações domiciliares em Bataguassu.

O município foi contemplado com R$ 4,1 milhões, provenientes do programa “Avançar Cidades – Seleção Contínua”, viabilizados pela Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) junto à Caixa Econômica Federal. O contrato desse recurso foi assinado no ano passado.

O diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior, explica que o recurso que será utilizado na ampliação do sistema de esgotamento sanitário do município tem a finalidade de proporcionar mais qualidade de vida para população. “Estamos trabalhando para universalizar a cobertura de esgoto nos municípios operados pela Sanesul. Com isso, os índices de desenvolvimento dos municípios vão melhorar, principalmente no que se refere à saúde pública à preservação ambiental”, disse o representante da estatal.

O prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) comenta sobre a importância do investimento para o município. “Recebemos com muita alegria esse aporte financeiro que será revertido em saneamento básico proporcionado através da parceria entre Governo do Estado e Sanesul. Quando assumi o município em 2013, Bataguassu possuía apenas 3% de rede coletora de esgoto e agora com esse investimento vamos passar dos 50%”, disse ele, que é presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Obras em Execução
Além dos R$ 4,1 milhões assegurados, a Sanesul já está realizando uma obra de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Bataguassu, que terá a capacidade de 20 litros por segundo, e executando redes coletoras de esgoto e ligações domiciliares. Tais obras em execução são feitas com recursos próprios e do Governo Federal (Funasa), no valor de R$ 4,3 milhões.

Comentários