Sisu 2020: veja dicas para inscrição na seleção do primeiro semestre, que abre na próxima semana

Edição terá 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país. Para participar, é preciso ter feito o Enem. Os candidatos já podem pesquisar as vagas disponíveis no site do Sisu.

0
308
Reprodução/Sisu/MEC

De terça-feira (21) até sexta-feira (24), estará aberta a inscrição para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O sistema permite que candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) disputem uma vaga nas universidades públicas participantes. São 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país.

A inscrição é feita pela internet com a nota do Enem, que deve ser divulgada nesta sexta-feira (17), segundo o calendário do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela prova.

No site do Sisu, é possível escolher duas opções de cursos, em diferentes universidades federais e estaduais espalhadas pelo país. Quem teve melhor pontuação no Enem tem mais chances de conquistar a vaga.

Para fazer esse planejamento, basta acessar o site http://sisu.mec.gov.br/cursos e fazer a escolha por nome do curso, instituição ou município.

G1 preparou uma série de dicas para o candidato se sair bem na seleção. Respondemos as seguintes questões:

  • O que o candidato deve saber sobre a inscrição do Sisu?
  • Para qual universidade posso me inscrever no Sisu? Que curso escolher?
  • Qual a vantagem de me inscrever no Sisu?
  • Com o que devo me preocupar antes da abertura do Sisu?
  • Eu preciso entrar no sistema do Sisu todos os dias?
  • Como funciona a lista de espera do Sisu?
  • Posso me candidatar pelo sistema de cotas no Sisu?
  • Se eu não conseguir entrar na faculdade pelo Sisu, o que posso fazer?
Comentários