PM usa bombas de gás e bala de borracha, após grupo querer invadir recinto de evento para atacar seguranças

0
674
Da Hora Bataguassu

Na madrugada deste domingo (11) alguns populares teriam iniciado um princípio de tumulto fora do recinto onde acontecia a Expobata, no Parque da Juventude. O grupo tinha intuito de atacar a equipe de seguranças do evento sendo então acionada a equipe de policia militar, que estava no evento, e através de bombas de gás lacrimogêneo e disparos de bala de borracha, conseguiram controlar a situação.

De acordo com informações apuradas pela reportagem junto a Policia Militar, um grupo após o fechamento dos portões, teria começado um princípio de tumulto a fim de abrirem os portões e avançarem contra a empresa de segurança.

Após perceberem a que a situação poderia sair do controle, a equipe de segurança solicitou a presença de Policiais Militares, que juntamente com o apoio de uma equipe de Força Tática, realizou uma barreira de segurança, momento que uma mulher arremessou uma garrafa contra os policiais. De acordo com o oficial que estava de comandante, após o fato, foi necessário então a aplicação de atitudes mais enérgicas por parte dos policiais, a fim de evitar que a situação viesse a sair do controle, momento em que foi utilizada duas bombas de gás lacrimogêneo, além de disparos de balas de borracha, contra alguns suspeito que ainda tentavam agir contra a equipe.

De acordo com o Tenente Amaro, acaso não acontecesse à ação policial, a situação poderia chegar a sair do controle e uma briga generalizada se formasse, podendo vir a ferir diversas pessoas inocentes.

Em contato com a comissão organizadora da Expobata, foi relatado que a situação aconteceu após o término do evento, momento que o público já estava dispersando do local.

Ainda segundo a comissão, o grupo que havia iniciado o tumulto, havia sido retirado pelos seguranças, após eles se envolverem em uma briga no interior do recinto, porém tentavam retornar para novamente ocasionarem tumulto.

Comentários