Chá detox: conheça suas funções e saiba como preparar

0
209
ISTOCK

O termo “detox” está em alta e a maioria das pessoas já ouviu falar que consumir chá detox regularmente traz benefícios incríveis para a saúde. Porém, nem todo mundo sabe como esse tipo de chá age, quais são os chás realmente considerados “detox”, entre outros pontos.

Ana Paula Moura (CRN 95100221), nutricionista clínica, fitoterapeuta e coaching nutricional, explica que o chá detox, devido à presença de antioxidantes importantes contidos nos ingredientes utilizados, elimina substâncias nocivas ao organismo, geralmente depositadas no fígado, e que são capazes de causar doenças graves (como o câncer, por exemplo). Saiba mais sobre a função deste tipo de chá, onde comprar e como prepará-lo em casa.

Qual a função do chá detox?

Ana Paula explica que, para se entender o que é um chá detox, é preciso saber, primeiramente, o que é considerada uma dieta detox, ou o processo de destoxificação do organismo. “Este processo elimina substâncias tóxicas (xenobióticos) do nosso corpo, que vêm pelo próprio organismo, ou pela poluição, pelo consumo de corantes, conservantes, agrotóxicos e medicamentos, pelo contato com produtos químicos domésticos etc.”, comenta.

Determinados chás podem ajudar nesse processo por serem, conforme explica Ana Paula, ricos em antioxidantes e fitoquímicos, que eliminam as toxinas do organismo.

“Vale destacar, porém, que a destoxificação ou detox não é atingida apenas com um alimento. A eliminação de xenobióticos é realizada com uma diversidade de alimentos ricos em fitoquímicos que, agindo em conjunto, retiram as toxinas corporais. O chá detox, portanto, terá o efeito esperado quando associado a uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes, fibras, entre outros”, alerta Ana Paula.

Com a destoxificação do organismo, são inúmeros os benefícios sentidos (além da prevenção contra doenças mais sérias): redução do inchaço, diminuição da celulite, melhora na aparência da pele, fortalecimento do sistema imunológico, auxílio no processo de emagrecimento e no bom funcionamento do intestino etc.

Receitas de chá detox

Ana Paula destaca que as principais ervas utilizadas para o preparo de chás destoxificante são: chá verde, cavalinha, hibiscos, gengibre, dente-de-leão, hortelã e capim-limão. Confira algumas receitas abaixo:

1. Chá de cavalinha com limão e canela

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa rasa) de cavalinha;
  • 250 ml de água;
  • 1 rodela de limão com casca (limpar bem a casca);
  • 1 pedaço pequeno de canela em pau.

Modo de preparo: “coloque a água para ferver. Coloque os ingredientes (cavalinha, limão, canela em pau) em uma xícara. Ao levantar fervura, apagar o fogo e colocar a água fervente na xícara e tampar por 5 minutos. Coar e tomar. Caso prefira gelado, colocar em garrafinhas fechadas e levar à refrigeração”, orienta Ana Paula.

2. Chá de hibisco e cavalinha

Ingredientes:

  • 500 ml de água;
  • 1 colher (sopa) de cavalinha;
  • 1 colher (sopa) de hibisco;
  • 1 canela em pau.

Modo de preparo: colocar a água para ferver, quando levantar fervura, desligar o fogo e adicionar os demais ingredientes, tampar e aguardar cerca de 5 minutos. Coar e tomar.

3. Chá detox de dente-de-leão

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 4 colheres (sopa) de dente-de-leão desidratado.

Modo de preparo: ferver a água. Quando levantar fervura, desligar o fogo, adicionar a erva, abafar (com uma tampa de panela) e aguardar por cerca de 5 minutos antes de coar e tomar.

4. Chá detox de capim-limão com hortelã

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 2 colheres (sopa) de folhas de capim-limão;
  • 1 colher (sopa) de folhinhas hortelã.

Modo de preparo: leve a água para ferver. Quando levantar fervura, desligue fogo e adicione as folhas de capim-limão e hortelã. Abafe por cerca de 5 minutos. Depois, coe e tome.

5. Chá detox de hibisco, canela e gengibre

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 4 colheres (sopa) de hibisco desidratado;
  • 1 pedacinho de gengibre;
  • 1 pedaço de canela em pau.

Modo de preparo: coloque a água para ferver e, quando levantar fervura, desligue o fogo. Adicione todos os ingredientes, abafe e espere cerca de 5 minutos. Coe e tome. Se desejar, espere amornar e leve à geladeira.

Essas são apenas algumas sugestões, dá para usar a criatividade e fazer os chás que mais te agradam em relação ao sabor.

Ana Paula comenta que o ideal é fazer o chá da erva fresca ou seca, com a técnica correta, para que todos os fitoquímicos sejam preservados. “No entanto, na falta da erva, utilizar o chá de sachê é uma alternativa, pois desta forma não deixaremos de tomá-lo naquele dia”, explica.

Comentários