17 novembro, 2019, 18:19
Inicio Notícias Top Bataguassu Reunião em Campo Grande discute implantação de Delegacia Regional de Polícia Civil...

Reunião em Campo Grande discute implantação de Delegacia Regional de Polícia Civil em Bataguassu

As tratativas para a criação da Delegacia Regional em Bataguassu prosseguem a passos largos.

0
283
Cedidas

No dia 21 de fevereiro, o prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) esteve reunido com o secretário de Estado de Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, com o delegado geral da Polícia Civil do Estado, Marcelo Vargas Lopes, com o delegado diretor do departamento de polícia do interior, Ivan Barreira, com a coordenadora geral de Perícias, Glória Setsuko Suzuki além de demais membros do setor de perícias e do instituto de identificação do Estado para dar sequência ao andamento da implantação da Delegacia Regional de Polícia Civil que ficará localizada em Bataguassu.

Segundo Caravina, o encontro debateu detalhes a respeito da formatação do projeto arquitetônico, processo licitatório e início das obras.

O prefeito lembra que a Delegacia Regional de Polícia Civil abrigará a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), 1º Distrito Policial, Instituto de Identificação, Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol), URPI e a Companhia Independente da Polícia Militar, em uma área localizada no bairro Jardim São Francisco. “Queremos em breve iniciar a construção da sede própria desses órgãos que beneficiarão a população com o oferecimento de diversos serviços, entre eles, a agilidade na emissão de carteiras de identidade e garantir mais segurança à população de Bataguassu”, enfatizou o prefeito, que é presidente da Assomasul.

AVANÇOS

Em 2017, o Governo do Estado em parceria com a Prefeitura promoveram a instalação de uma unidade do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Imol), fruto de um termo de cooperação firmado entre Estado e município.

Com a iniciativa, exames necroscópicos, de lesão corporal e sexual passaram a ser realizados no município, por médicos locais cedidos pela prefeitura, que ofereceu ainda a estrutura física para abrigar o Imol, além de materiais de trabalho, insumos e o pagamento dos profissionais que realizam os serviços. “Tivemos esse grande avanço concretizado em parceria com o Governo do Estado. No que se refere ao Imol em Bataguassu, o órgão trouxe agilidade para a liberação dos corpos, dando mais dignidade às famílias”.

Comentários
1
Olá 👋, podemos te ajudar em algo? 🤩
Powered by