7 projetos ligados ao câncer de mama para conhecer e apoiar

0
167
ISTOCK

O mês de outubro é marcado há mais de 20 anos pela campanha Outubro Rosa, que visa promover ações de prevenção do câncer de mama. Com diferentes propostas, surgiram diversos outros projetos que, apesar de terem objetivos diferentes, lutam pela vida de mulheres que sofrem desse tipo de câncer. Conheça 7 projetos ligados ao câncer de mama que merecem um pouquinho da sua atenção:

A campanha “O Câncer de Mama no Alvo da Moda” é originalmente uma iniciativa do estilista Ralph Lauren que, em 1994, lançou o símbolo do Alvo da Moda. No ano seguinte, o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC) foi o eleito para ser licenciado da marca. Já foram arrecadados mais de 80 milhões com a venda de produtos que levam o logo da campanha, como bolsas, camisetas, tênis, itens esportivos e até mesmo bonecas. Além de comprar esses produtos de uma das marcas licenciadas, você também pode fazer doações para ajudar a campanha.

2. Projeto Mamamiga

Esse projeto foi idealizado pela Associação de Prevenção do Câncer de Mama na Mulher (ASPRECAM). Seu principal objetivo é estimular o autoexame das mamas para que um possível câncer possa ser detectado. O projeto também incentiva a conscientização das mulheres a respeito do câncer de mama e tem parceria com o SUS, visando sempre o diagnóstico precoce da doença. Saiba mais detalhes sobre o Mamamiga.

3. Banco de Lenços

Criado por Flavia Flores, o Banco de Lenços é uma iniciativa apoiada pelo Instituto Quimioterapia e Beleza. Flavia, que já enfrentou um câncer, decidiu criar o projeto para levar mais cor e estilo a mulheres que estavam passando pela doença. O projeto começou em 2014 e já arrecadou mais de 15 mil lenços. Nas redes sociais, Flavia ensina de uma forma bastante descontraída diversas formas de amarrar o lenço para deixar esse momento mais divertido e cheio de leveza. Veja mais sobre o Bando de Lenços clicando aqui.

4. P-ink

O objetivo do projeto P-ink é conectar vítimas do câncer de mama com artistas tatuadores do mundo todo. Muitas mulheres passam por cirurgias que deixam cicatrizes, e a tatuagem é um caminho para esconder essas marcas e destacar essa fase tão importante na vida de tantas mulheres. O P-ink não é uma iniciativa brasileira, mas o tatuador Miro Dantas faz um trabalho semelhante, principalmente tatuando mamilos nas pacientes que precisaram removê-lo. Vale a pena dar uma olhada em seu perfil no Instagram.

5. Além da Cura

O projeto Além da Cura visou arrecadar fundos por meio de um financiamento coletivo para produzir um documentário com histórias reais de 30 mulheres em 5 países do mundo que enfrentaram o câncer de mama. O compartilhamento desses relatos traz uma visão mais leve da doença e também encoraja mulheres que estão passando por isso a nunca perderem a esperança. O documentário tem lançamento previsto para 2019. Acesse o site para conhecer mais sobre o Além da Cura.

6. Banco de Perucas – Fundação Laço Rosa

Durante o tratamento do câncer de mama, é comum que os cabelos e pelos do corpo da mulher possam cair. Pensando nisso, a Fundação Laço Rosa criou, em 2011, o Banco de Perucas, um projeto que envia gratuitamente perucas para mulheres que perderam seus cabelos, devolvendo a autoestima para essas pessoas que passam pela luta contra o câncer. Mais de 3500 mulheres já foram atendidas e você pode ajudar esse projeto de várias formas, inclusive doando cabelo. Acesse o site do Banco de Perucas para ficar por dentro de todos os detalhes.

7. Doe Cabelo Pantene

A Pantene, marca de cosméticos para cabelo, lançou a campanha “Doe Cabelo Pantene”. Doando mais de 15 cm de cabelo, você ganha o corte e seu cabelo é doado para outras campanhas que produzem perucas. A atriz Marina Ruy Barbosa é uma das mulheres que cortaram o cabelo e doaram para essa iniciativa tão especial. Saiba mais informações acessando o site da campanha.

Mesmo que você nunca tenha enfrentado o câncer de mama, a solidariedade e a empatia precisam estar caminhando sempre ao lado de nossas ações. Ajude divulgando este post e aumentando essa rede de apoio!

Comentários