PMA inicia Operação Pré-piracema em proteção aos recursos pesqueiros do Estado

0
318
Divulgação/PMA

A Polícia Militar Ambiental iniciou nesta segunda-feira, dia 1º de outubro, a “Operação Pré-piracema”. O intuito é prevenir e reprimir a pesca predatória, levando em consideração a proximidade do período de piracema.

De acordo com a PM, a fiscalização preventiva e repressiva aos crimes e infrações relativas à pesca nos rios tem sido desenvolvida todos os anos durante os meses de setembro e outubro.

Só no mês passado, foram 23 pescadores autuados, com apreensão de 153 kg de pescado ilegal e R$ 22.800,00 em multas aplicadas, além de diversos petrechos ilegais de pesca apreendidos e retirados dos rios.

Em 2017, na mesma operação, a PMA autuou 133 pessoas por infrações e crimes ambientais, apreendeu 605 kg de pescado e aplicou R$ 884 mil em multas. Dessas 133 autuações, um total de 78 autuações foi por pesca ilegal e foi aplicado o valor de R$ 85.650,00 em multas por pesca ilegal.

A “Operação Pré-piracema” 2018 envolverá 362 policiais, englobando a operação “Padroeira do Brasil e Operação “Dia de Finados”, se estendendo até o dia 5 de novembro, às 8 horas (horário MS). Os trabalhos contarão com a participação das 25 Subunidades da PMA no Estado.

Comentários