PRF apreende dois carros com 1.300 quilos de maconha na BR-463

0
410
Divulgação

Pelo menos 1.300 quilos de maconha e 27 quilos de skunk, a chamada “supermaconha”, foram apreendidos hoje (4) em duas abordagens da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR-463, entre Ponta Porã e Dourados. Esse trecho de 120 km é considerada a principal rota da droga que sai do Paraguai com destino ao Brasil.

Na primeira apreensão, o condutor de um utilitário da JAC Motors, com placa de Lins (SP), fugiu ao ser abordado pelos policiais rodoviários federais no Posto Capeí e foi perseguido por pelo menos 3 km. Willian Pereira de Assis foi preso.

No carro foram encontrados 810 quilos de maconha. O condutor não forneceu informações sobre para onde estava levando a droga e não apresentou documentos pessoais. Willian foi levado para a delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã para ser autuado em flagrante.

Logo após o horário de almoço, os policiais rodoviários federais fizeram outra apreensão de drogas na mesma rodovia. Uma Chevrolet Spin estava lotada com 459 quilos de maconha e 27 quilos de skunk .

Produzida com uma espécie de cannabis sativa híbrida, a skunk é cultivada de forma diferente para obter maior concentração de THC (tetrahidrocannabinol), substância alucinógena presente na maconha.

A carga estava sendo levada para Campo Grande por José Moises Souza Gomes de Lima, 30, e Jonatas Buarque da Silva, 42. Eles disseram que pegaram a droga em um posto de combustíveis em Ponta Porã.

Além da maconha, que estava no porta-malas, e sobre o banco traseiro, a PRF apreendeu com a dupla uma pistola 9 milímetros de fabricação argentina. Os dois também foram levados para a PF em Ponta Porã.

Comentários